Funcionamento - Segunda - Sexta 7:00 - 19:00 | Sábado 07:00 - 12:00

Blog

07 maio

Varizes: causas, sintomas, diagnóstico e tratamento

Inchaços, dores nas pernas e veias que parecem que irão sair pela pele, formando imagens que se parecem com mapas. Esses sintomas são típicos das varizes, que podem trazer alguns riscos de saúde graves quando não são tratadas a tempo.

As varizes são mais comuns nas pernas, mas podem aparecer em outras partes do corpo. Algumas de suas causas podem ser evitadas e prevenir o problema, enquanto outras não podem ser revertidas.

Descubra neste artigo, o que são as varizes, as causas, sintomas típicos e formas de se prevenir e tratar do problema!

O que são varizes?

As varizes, também chamadas de varicoses, são veias que se dilatam e não se contraem novamente, deixando uma má formação no local. Essas veias vão inchando até chegar ao ponto de formarem uma espécie de nó, que fica saliente, dói, causa inchaços e prejudica a circulação sanguínea.

O que ocorre no organismo para que esse problema aconteça é que as válvulas internas das veias já não conseguem fazer o seu trabalho. Elas são responsáveis pela passagem de sangue, que é enviado das pernas para o coração.

Essas válvulas se abrem e fecham, e regulam tanto a quantidade quanto a velocidade que o sangue passa pelas veias. Quando elas não funcionam bem, já não conseguem fazer isso devidamente, e vão lentamente interrompendo o fluxo de sangue por elas.

O efeito chamado “regurgitação venal” impede que o sangue suba das pernas para o coração e trava a passagem do líquido na área, fazendo com que a veia inche.

Quais são as causas das varizes?

As causas das varizes vão desde as genéticas até algumas condições imutáveis e hormonais às ligadas a fatores de risco.

Ficar em pé ou sentado por longos períodos

Permanecer por várias horas sentado ou em pé, aumenta o risco para as varicoses. Em pé, as pernas sustentam todo o peso do corpo, o que aumenta a dificuldade do próprio organismo em enviar o sangue dos membros inferiores para o coração.

Já ficar sentado por muito tempo contrai a panturrilha e outros músculos das pernas. A longo prazo, a falta de força no músculo e nas veias terão dificuldade para bombear o sangue para cima.

Mulheres e gestação

As mulheres têm histórico de mais casos de varizes do que os homens, e as causas podem ser tanto hormonais quanto de condições, como a gestação. A menopausa e a menstruação são exemplos que causam alterações em hormônios, que podem ser causadoras do problema.

O peso natural de uma criança na gravidez aumenta as chances do problema aparecer. Nesse caso, o organismo deve dar conta da circulação sanguínea da mãe e bebê, o que causa uma sobrecarga para as veias, que têm a ação de suas válvulas prejudicada.

Sedentarismo

O sedentarismo diminui a circulação sanguínea e, como consequência direta, a capacidade das veias e órgãos de manter o sangue fluindo, diminui. Além desse fator há o agravante dos músculos das pernas ficarem fracos, que também potencializa o aparecimento de varicoses.

Obesidade

A obesidade, e também o sobrepeso, são causas comuns entre pacientes com varizes. Esses quadros de saúde combinam muitas vezes uma má alimentação, sedentarismo, massa corporal excessiva e colesterol ruim (LDL) alto.

Todos esses fatores colaboram para que o sistema cardiovascular seja muito afetado, reduzindo a circulação de sangue por todo o organismo. Além disso, esse quadro é quase que um prenúncio para veias e artérias entupirem, por conta de gordura acumulada nas paredes internas, que dificultam o fluxo sanguíneo.

Tabagismo

O cigarro diminui a capacidade do coração e dos pulmões, que também atuam na circulação de sangue e principalmente oxigênio. Além do mais, várias substâncias tragadas com a fumaça do cigarro deixam o sangue mais grosso, atrapalhando sua fluidez pelas veias.

Genética

O fator genético é quase um determinante para que as varizes apareçam. Pessoas que têm parentes de primeiro grau ou outros próximos com o problema, têm mais chances de sofrerem do mesmo contratempo, em algum momento.

Quais são os sintomas?

Os sintomas das varizes podem aparecer antes mesmo das veias ficarem inchadas e salientes nas pernas e em outra parte do corpo. Confira os mais comuns:

  • Câimbras nas pernas, principalmente à noite;
  • Sensação de pernas cansadas ou “pesadas”;
  • Veias saltadas e aparentes na pele;
  • Manchas verdes ou roxas;
  • Pernas e pés inchados;
  • Dores nas pernas.

Quais são os riscos?

Vale reforçar que as varizes são um problema crônico e antecedem sérios contratempos, quando não são tratadas ou prevenidas.

Um quadro longo desse contratempo pode levar à feridas desde agudas a crônicas na pele, eczemas, úlceras venosas e também úlceras abertas. Numa situação mais rara, mas não fora de cogitação, em estágio avançado as varizes podem levar a formação de coágulos.

Quando os coágulos se formam podem causar trombose, que bloqueia o fluxo sanguíneo e pode exigir a amputação do membro afetado. Ainda pior, se o coágulo se desprende da veia e cai no pulmão, caracteriza uma embolia pulmonar, que leva à parada da respiração e morte.

Como é feito o diagnóstico?

O diagnóstico de varizes é feito por um profissional cardiologista, que examina o grau de circulação sanguínea, além de verificar os sintomas aparentes já descritos. O exame solicitado para confirmar o quadro clínico é a ultrassonografia com doppler: analisa a circulação sanguínea de determinados órgãos ou área do organismo;

Como prevenir?

 

As prevenções são direcionadas à qualquer pessoa, e em especial, aquelas que estão sob alguma condição que ofereça maiores chances de ter varizes. Confira:

 

  • Usar meias de compressão, porém é necessário ir ao médico antes e pedir uma prescrição de uso para seu caso;
  • Em caso de sobrepeso ou obesidade, fazer regime e buscar auxílio médico para perder peso;
  • Ter uma alimentação saudável, com pouco açúcar e alimentos ricos em carboidratos;
  • Levantar e caminhar de cinco a 10 minutos, entre longos períodos sentado;
  • Praticar atividades físicas regularmente;
  • Apoiar as pernas no alto, à noite;
  • Usar calçados confortáveis;
  • Não fumar.

Como tratar?

Em casos em que há a necessidade de tratamento com intervenção médica, existem opções para diversos níveis do problema. Nesse momento, o profissional orienta o paciente sobre o método mais adequado para corrigir o problema.

Conheça os métodos mais eficazes no tratamento de varizes:

  • Escleroterapia: também conhecida como aplicação de espuma, injeta-se uma substância que causa uma esclerose na veia, que interrompe a passagem de sangue onde é aplicada;
  • Remoção por cirurgia: são feitos pequenos cortes nas áreas afetadas e as veias doentes são removidas;
  • Ablação: por meio de ondas de radiofrequência ou raio laser, as veias obstruídas são queimadas.

Diante do quadro de varizes, é indicado fazer todas as ações preventivas, que também servem para evitar a evolução do quadro. Mas, como em toda condição de saúde, o melhor a se fazer é buscar ajuda médica especializada, que terá melhores soluções para o restabelecimento da saúde.

Se você ainda não realizou nenhum exame para verificar a circulação sanguínea e evitar problemas, agende agora a sua consulta com um médico especializado da SimpleSaúde!

SimpleSaúde

Somos um centro médico completo com mais de 35 especialidades para atender você ainda hoje ou esta semana. Consultas, exames e até cirurgias com atendimento humanizado e eficiente, no coração de Jundiaí (SP).

Posts Relacionados

Doenças nos rins: principais causas e tratamentos
27/05/2019
Publicado por SimpleSaúde
Nódulo da Tireoide: causas, sintomas e tratamento
22/05/2019
Publicado por SimpleSaúde
Riscos da Hipertensão
22/05/2019
Publicado por SimpleSaúde
Vitamina D x Inverno
16/05/2019
Publicado por SimpleSaúde

Comentários

Sobre

Somos um centro médico completo com mais de 35 especialidades para atender você ainda hoje ou esta semana. Consultas, exames e até cirurgias com atendimento humanizado e eficiente, no coração de Jundiaí.

Clínica médica completa.
Atendimento rápido.
Sem taxa.
Sem mensalidade.

Newsletter

AGENDE AQUI

Arquivos

Inscreva-se para receber novidades
e promoções exclusivas.

Agende agora sua consulta ou
exame ainda hoje: